Piscinas de Fibra

A piscina de fibra, umas das pioneiras entre as piscinas, ainda é preferência entre muitos consumidores, que estão dispostos a pagar um custo alto em frete, enfrentar as dificuldades de movimentação de uma piscina dessa, só para te-la e satisfazer sua preferência. Nas próximas linhas vamos conhecer um pouco mais sobre essa piscina que tem seu lugar reservado no seguimento.

Descrição genérica da aplicação do produto:

A piscina em fibra é constituída em várias fases, que podemos genericamente dividir em três: a confecção de casco em fiberglass, a construção do berço de alvenaria e o acabamento lateral.

O casco é fabricado de modo bastante peculiar, como veremos a seguir:

• Inicialmente se preparam moldes para receberem a pintura da piscina. Assim vemos que a pintura é o primeiro passo da confecção do casco da piscina em fiberglass. A pintura é feita em gel coat;

• Segue-se tal fase a aplicação da resina e roving até cobrir toda pintura feita por sobre o molde;

• Após a primeira camada de fibra, se fixam os esforços de ½ cana que serão cobertos por outra camada de laminação, o que dará uma maior resistência às paredes da piscina;

• Após a laminação, o casco já estruturado será destacado do molde, seguindo-se uma fase de acabamento das rebarbas e aplicação de resina com grânulos nas bordas para uma maior aderência do revestimento utilizado ao redor da piscina quando de sua instalação;

• Por fim, será efetuada a laminação dos dispositivos tipo flange.

A instalação divide-se em fases:

a) Escavação: o buraco será feito manualmente (em regra), de acordo com as medidas da piscina devendo respeitar o lençol freático de cada região;

b) Confecção da base de fundo: após o nivelamento do fundo do buraco, será feita uma concretagem com malha de ferro, para sustentação da piscina;

c) Colocação do casco no fundo concretado e nivelado com trava nas paredes;

d) Alvenaria em blocos de concreto, ao redor da piscina, é importante frisar que neste momento inicia-se o enchimento da piscina.

Os elementos hidráulicos são os dispositivos que são laminados no fundo e nas laterais, sendo o ralo do fundo, os retornos e o dispositivo de aspiração, todos especiais para piscinas em fibra e que já vem de fábrica, assim o ideal é que se faça a opção por tais acessórios no momento de compra.

Após esta fase o instalador partirá para a confecção da casa de máquinas (confeccionada em alvenaria ou pré-fabricada em fibra), instalação do equipamento de filtragem e do sistema hidráulico, sendo ele instalado desde a piscina até a casa de máquinas no limite estabelecido pelo fabricante do equipamento.

Recomendamos que a casa de máquinas também fosse envolvida pelo revestimento de pedra mineira, para que não ocorra infiltração de água em sua lateral.

Segue-se a tais trabalhos a fase do acabamento lateral, a qual é imprescindível para segurança e garantia do casco da piscina em fibra.

Os acessórios acima citados são os refletores subaquáticos, os Skimmers ou coadeiras, os dispositivos para hidromassagem (as escadas em inox fazem parte do acabamento o qual falaremos a seguir), etc.

O consumidor deverá fazer o piso com o mínimo de 01 (um) metro em toda a volta da piscina ou conforme o terreno permitir e revesti-lo, lembrando que o caimento do piso deve ser sempre para o lado de fora da piscina.
Procure verificar se foram tomadas as seguintes providências antes da confecção do piso lateral:

a) Compactar adequadamente o aterro lateral da piscina, deixando-o em condições de receber o contra-piso, que deverá ser feito com malhas de ferro e servirá de base para a colocação de pedra mineira ou similar. Durante esse período e até que seja feito o contra-piso proteja esse aterro com uma lona plástica, evitando assim que em caso de chuva o mesmo venha a ficar prejudicado, ou comprometa a instalação e/ou as paredes da piscina;

b) Constatando que o aterro está nas condições acima e pronto para receber o contra-piso, providencie-o de forma que o mesmo tenha um caimento lateral de no mínimo 2%, suficiente para evitar que a água das CHUVAS retorne para dentro de sua piscina;

c) A colocação de pedra ou de um deck em madeira deverá ser feito de tal forma que fique rente a cantoneira da borda de sustentação, evitando assim que o mesmo sofra qualquer impacto de acidentes externos, evitando acidentes para os usuários e dando também um perfeito acabamento ao conjunto, tanto no aspecto técnico como visual.

d) Ponto importante de tal fase é o cuidado com a tubulação da piscina que fica sob a terra e no momento da compactação, que pode ser danificada se o obreiro não for diligente.

e) Nunca utilize qualquer tipo de palha de aço para a limpeza nas proximidades de sua piscina, pois as partículas que vierem a cair no fundo e paredes da mesma podem causar manchas.

f) Somente após o serviço de acabamento lateral, poderão ser retiradas as travas internas, liberando o uso da piscina;

g) Não utilize a piscina antes do término do acabamento lateral.

WhatsApp chat